Elenco e equipe feminina de The Royals divulga pronunciamento oficial sobre acusações contra Mark Schwahn

Em um anúncio conjunto, escrito por 25 membros femininos da série, elas acusam Schwahn de assédio sexual repetidamente e sem consentimento a múltiplas mulheres do elenco e equipe.” As mulheres de The Royals afirmaram terem sido inspiradas por suas colegas de One Tree Hill, que escreveram um statement similar na Segunda-Feira, apoiando a escritora Audrey Wauchope – cuja alegou ter sofrido assédio por Mark.

Hoje o pronunciamento enviado a imprensa ontem à noite, complementa os dizeres de Alexandra Park, no qual informou que “Eu também fui exposta a esse comportamento repreensível.”

A estrela Elizabeth Hurley também escreveu sua própria carta aberta esta manhã, dizendo que as acusações foram ‘uma surpresa chocante’ para ela, e que ‘nunca havia testemunhado isso’.

Leia o pronunciamento oficial:

Ao ler uma declaração das garotas de One Tree Hill, uma declaração das Royal Sisters não poderia ficar sem ser escrita.

Apesar de ouvir rumores sobre seu comportamento em One Tree Hill, alguns de nós envolvidos desde os primeiros estágios entraram na filmagem do piloto esperando que fossem apenas isso – rumores. A partir do momento que finalizamos, foi provado irrevogavelmente que não era o caso. Tornou-se muito aparente no pronunciamento no começo da semana, que a traição e raiva que muitos de nós experimentamos durante nosso tempo em The Royals não é exclusivamente nossa. E estávamos com raiva na época, e estamos com raiva agora.

Esta declaração é uma coleção de vozes de mulheres envolvidas em The Royals, que gostariam de finalmente responder a esse comportamento de nosso diretor. Que sentiu-se à vontade para abusar de seu poder e influência em um ambiente onde ele tinha isso sob as mulheres, que sentiam que elas não tinham.

Isso se manifestou em não consetidos e repetidos assédios sexuais de múltiplas mulheres do elenco e equipe.

Onde nós deveríamos estar animadas para conhecer novas colegas de elenco e funcionárias, nós nos sentíamos nauseadas de preocupação em caso de ele também pegar seu número de telefone. Onde nós deveríamos ter oferecido a nossas amigas que audicionaram para cenas de The Royals ajuda e conselhos, nós tivemos que oferecer avisos sobre o homem que elas se encontrariam naquela sala. Mais do que isso, onde nós deveríamos nos sentir orgulhosas de nossos trabalhos conseguidos de forma difícil, e papéis muito amados, nos sentimos comprometidas como artistas e criativas. Em muitos casos, nada mais que uma soma de atributos corporais.

Ao condenar vorazmente as ações de um homem, gostaríamos de tomar nota da nossa gratidão aos outros. Obrigada a tantos dos Royal mens, que garantiram que nunca estivéssemos sozinhas em situações sociais com ele, e deram dois passos à frente em nossa direção. Obrigada aos amigos, pessoas que amamos e parceiros que nos apoiaram na época, e agora ainda mais que anunciamos publicamente.

Mas um muito obrigada as mulheres de One Tree Hill por nos inspirarem. Para vocês, tiramos nossas coroas.

Atenciosamente, as mulheres de The Royals.

Hatty Preston, Sophie Colquhoun, Alex Watherson, Lydia Rose Bewley, April Church, Annalise Beusnel, Poppy Corby-Tuech, Florence Chow, Charlie Jones, Isabella Artitzone, Jade Armstrong, Rachel Walsh, Tania Vernava, Bonnie Vannucci, Merritt Patterson, Kate Benton, Jerry-Jane Pears, Jodie Simone, Kate Royds, Leonie Hartard, Lisa Mitton, Marie Deehan, Alice Woodward, Rachel Lennon, Kimberly Macbeth.