Jake Maskall fala sobre Cyrus e a terceira temporada para o channelguidemag.com

Jake revela tudo o que há por vir de Cyrus, seu personagem em The Royals.

Channel Guide Magazine: Oi Jake! Obrigado por ter tempo para conversar comigo sobre The Royals. Eu realmente gostei da minha entrevista com Elizabeth Hurley antes da estréia da série, e acho que Cyrus é um dos grandes personagens maquiavélicos da TV.

Sim, absolutamente.

Por que é tão bom interpretar alguém tão ruim?

Bem, eu acho que na vida cotidiana, você tem que amar o próximo e ser gracioso e todas essas coisas. Mas como um ator, eu começo a interpretar alguém que faz estas coisas nefárias e se livra dos problemas sendo impertinente. É lindo. Interpretar o mocinho é maçante. Eu acho que de certa forma é quase como a minha terapia. Em vez de pagar um terapeuta, eu consigo exorcizar todos os meus demônios por ser perverso. Além disso, Mark Schwahn – nosso criador, e os escritores, eles adoram escrever para Cyrus. Eles realmente empurram as falas e travessuras que ele fará. É ótimo. Quando chegamos aos scripts, fico muito animado. Na terceira temporada, eu tenho que fazer algumas coisas bobas. Diversão, mas coisas bobas, e, claro, ser impertinente novamente.

Ele tem um grande senso de humor. Ele tem um senso de humor muito seco. Ele meio que se diverte em balançar o barco, se quiser. Acho que é isso. Ele recebe seus chutes infortúnios de outras pessoas. Eu amo isso. Eu absolutamente amo isso. Quando eu li o piloto e fui para audição, eu estava tão apaixonado pelo personagem que eu estava como, “Não há ninguém mais que atuá-lo. Eu tenho que interpretar ele.” Felizmente consegui o personagem, estamos na terceira temporada. Quando estamos filmando eu acordo muito animado para ir trabalhar.

Você pode falar um pouco das confusões que Cyrus se envolverá na Season 3?

Basicamente a rainha está tentando obter algum DNA de Cyrus para provar que o príncipe Liam e Eleanor são herdeiros de sangue de Simon. O corpo de Simon não pode ser encontrado, então eu sou a coisa mais próxima dele. Eu compartilho o mesmo DNA, então ela vai até o inferno para tentar obter algum cabelo ou algo para provar o DNA. Bem, eu também vou aos extremos. Em um ponto eu estou em uma bola de hamster humana de tamanho agradável, então ninguém pode realmente chegar até mim. Isso foi muito divertido.

Foi muita bobagem filmar isso, estando nesta bola de praia. Os aspectos práticos, você só pode estar nele por quatro minutos antes que os níveis de oxigênio desçam caso contrário começar a embaçar. Em um ponto, um dos câmera-men, Rob, estava lá comigo enquanto eu andava com a bola. Era muito difícil manter uma cara séria.

No primeiro episódio da terceira temporada, você faz como em Taxi Driver e corta o cabelo. Como foi?

Meu Deus! Pouco antes de começarmos a filmar, eu telefonei para o cabeleireiro e maquiagem e disse: “Olha, eu quero um corte de cabelo muito bom nesta temporada. Eu gostaria de ir a um cabeleireiro estabelecido em Londres.” Eles estavam como,“Ok, ótimo.” Então, basicamente, eu tinha Mark Schwahn me telefonando dizendo: “Jake, desça. Vamos almoçar.” Eu disse: “Hmm, isso parece suspeito. O que está acontecendo aqui?” Ele me enviou o roteiro mais cedo, e eu estava tipo, “Ok. Parece que eu não vou ter o corte de cabelo que eu queria. Eu estou recebendo um corte de cabelo diferente.” Enfim, nós nos encontramos e antes de começarmos a filmar ele disse: “O que você quer fazer? Há duas opções. Opção número um é fazer você ficar careca apenas para as filmagens, que basicamente levaria quatro horas para fazer toda vez. Ou você o corta sozinho.”

Na verdade, eu abracei totalmente. Eu pensei: “Este é o meu momento Travis Bickle. Este é o meu momento de Taxi Driver.” De uma forma estranha, era uma daquelas coisas na minha lista de desejos, raspar um moicano na câmera. Então eu fiz. Eu abracei totalmente. Eu não tinha ideia de como eu ficaria. Eu pensei: “Eu poderia parecer um pouco com uma aberração.” Estranhamente todo mundo no set foram ótimos e foi como, “Está realmente muito legal.” Acho que talvez isso tenha ajudado. Eu me acostumei muito com isso. Na maquiagem, ela era raspada todos os dias. O sentimento, é uma sensação tão linda. Você já sentiu uma cabeça raspada?

Não, quero dizer, já toquei na cabeça de um bebê.

Certo, ok. É um pouco macio mas áspero ao mesmo tempo. É muito estranho. Eu tinha todo mundo me dizendo: “Posso acariciar sua cabeça?” Eu tinha tinha que lidar com muitas coisas. As pessoas queriam acariciar minha cabeça. Além disso, fiquei um pouco obcecado com ele. Tornou-se um pouco de um tiquetaque quando eu estou aprendendo minhas linhas e tudo, minhas mãos iam na direção oposta para os folículos pilosos porque sentia… Eu não sei, há algo sobre isso. Ele é realmente legal.

Além disso, nós fizemos em apenas uma tomada. Uma vez que se acaba… Foi uma cena divertida. Mark me fez fazer um monte de coisas tolas assim. Sim, eu não queria sentar na cadeira de maquiagem quatro horas cada vez que estávamos indo para a filmagem. Eu estava tipo, “Bem, eu realmente não tenho uma escolha. Temos quatro meses de filmagem, vamos tirar.”

Tudo sobre Cyrus é tão ‘extravagante’ – seu guarda-roupa, drogas, bebidas. Há alguma parte dos figurinos que você coloque e se sinta como o personagem?

Totalmente! Acho que é tão importante para mim, o personagem, porque quando estou no meu camarim e estou me vestindo, isso realmente ajuda com a transformação. As roupas. Não são roupas que eu usaria ou sapatos que eu usaria. Eles são tipo do personagem. Alguns dos ternos que eu uso são de surpreendentes designers como Alexander McQueen, John Varvatos e Vivienne Westwood. Os trajes são feitos sob medida para mim, então eles se encaixam perfeitamente. São todos os pequenos detalhes com as abotoaduras. O departamento de figurinos, A, eles adoram me vestir e comprar para mim. Ou Cyrus, eu deveria dizer. Eles podem se divertir tanto.

A única coisa desde o primeiro dia e que é a cereja no topo do bolo para mim – e realmente faz a transformação, é o anel de sinete que eu uso no meu dedo mindinho. Para mim, isso realmente me deixa entrar na zona. Quando estou atuando, ele muitas vezes está tocando e mexendo com ele. Essa é a última coisa que se coloca. O sotaque também porque ele é obviamente muito mais chique do que eu. A voz me ajuda. Eu olho no espelho no meu camarim antes de irmos no set, e eu vou tenho pequeno momento Cyrus na frente do espelho.

Jake, na terceira temporada, sabemos que Robert está vivo. Para os fãs é como OMG; Como Cyrus vai receber a notícia?

Para Cyrus, é a pior notícia do mundo. Ele tem um sonho que ele nunca pensou que realizaria, e lá ele está no trono. É o que ele sempre sonhou quando era criança, mas ele está lá. De repente, chega uma ameaça que é muito simpática com Cyrus. Provavelmente a única pessoa que é legal com ele. O teaser mostra uma batalha, porque Cyrus vai ao extremo para continuar no trono. Ele não quer voltar ao que era antes, sendo o herdeiro reserva. Sim, vai ser uma batalha de vontades.

É sempre tão suculento assistir cenas com você e Elizabeth Hurley; Cyrus e Helena. 

Sim, tivemos algumas cenas brilhantes. Adoro trabalhar com Elizabeth. O que eu gosto no seu relacionamento é que está como quente/frio/quente/frio. Eles são tão cruéis um com outro. No final da 2ª temporada, ambos fizeram tantas coisas um com o outro, basicamente uma situação de estaca ao coração; É revelado que ele é o responsável por ir atrás de Alistair Lacey e ela por Violet, Prudence e seu filho, seu filho primogênito. Na temporada número três, há muita bagagem entre eles.

Nós adoramos a bagagem.

Claro! É o que faz o show. Essa é a grande parte disso. Os escritores são brilhantes. Mark é um gênio. Nenhum de nós sabe o que vai acontecer. Eu vou te dizer o que, temporada 3 é tão boa. Ele termina onde você estará implorando para a temporada 4. Eu sei que eu estou.