REVIEW 1X4: ‘Sweet, Not Lasting’

Quando Eleanor (Alexandra Park) descobre que sua mãe ordenou uma turnê por instituições de caridade na região de Londres, ela fica louca. A princesa chama seu irmão gêmeo, Liam (William Moseley), por alguma simpatia mas ele tem seus próprios problemas. Ele está atualmente a bordo do jato real com a Rainha Helena (Elizabeth Hurley), Ciro, e Gemma (Sophie Coulqhun), a quem a rainha recrutou como sua dama de companhia. “Nem tudo é sobre você e Ophelia,” diz Helena com a sugestão de que ela está tentando se intrometer na vida amorosa de seu filho. “Ouvi dizer que ela te rejeitou, de qualquer forma.”

A mídia social desempenha uma parte muito grande no episódio, quanto se trata de Ophelia (Merritt Patterson) e Nick. Ophelia decide ir a um encontro com o rapaz, oferecendo o palácio como ponto turístico. Enquanto ela explica que os túneis “percorrem todo o caminho do Hyde Park”, a jovem recebe uma notificação e vê um artigo que acompanha a foto de Gemma e Liam. Ophelia então tira uma foto de si mesma e Nick para publicar em seu Instagram.

Nick percebe que Pryce não está a fim dele e sugere um acordo. “A fim de tornar esta luta justa entre mim e o príncipe, eu acredito que mereço um jogo em casa. Eu vou te mostrar o meu pedaço do mundo… Se me deixar fazer isso e continuar pensando nele, eu vou recuar. Fechado?”

Enquanto isso, de volta ao jatinho real, Liam está recebendo uma palestra sobre a importância de sua primeira turnê de caridade.

Helena: “Eu não posso exagerar a importância dos próximos dois dias. Esta é a primeira vez que as pessoas vão vê-lo como o herdeiro. Você apenas precisa se manter no script.. Nós nunca falamos sobre dinheiro, raça, identidade sexual, ou religião.”

Liam: “E o que há ainda para falar?”

Helena: “Queijo.”

O jovem sucessor do trono leva seu conselho durante a sua próxima parada, quando inicia uma conversa amigável com um aldeão sobre futebol. Em poucos segundos, ele tem todos os caras morrendo de rir. Mas tão rapidamente, como uma mulher o fez, outra o destruiu. Liam pode ser divertido, distribuir pints de cerveja para a multidão, mas isso não significa que ele está pronto para o cargo.

“Isso não é o que eu quero no meu rei. Quero alguém que reconhece o poder para tornar o mundo um lugar melhor. Alguém que muda vidas e inspira todos nós a fazer o mesmo,” diz ela. “Faça isso, e eu vou dizer que você fez alguma coisa. Faça isso, e eu vou chamá-lo de meu rei.”

Quando ele encontra uma mão-de-obra de quinta geração, que prefere fabricar e vender botas, Liam dá-lhe o incentivo que ele almeja: “As pressões do negócio da família,” conta. “Eu entendo isso.” A sequência termina com o Príncipe mostrando suas belas botas novas sob medida para a imprensa, que aprova seu endosso do artesanato local.

A imprensa também está agradável com Eleanor, cuja turnê de dois dias inclui uma casa de repouso, um abrigo de animais, e um hospital infantil. Ela têm estado chapada ao longo, que para ela, é a única maneira de livrar-se de sua mãe.

Finalmente ela faz sua última parada, um centro de reabilitação de drogas que fora uma escolha de Robert. Bêbada e depressiva, ela encontra uma viciada em recuperação, cuja aparência e comportamento estranhamente parecem-se com a própria. A garota culpa seu passado por seus demônios: “Uma porcaria de mãe é minha desculpa. Qual é a sua?”

Fonte: EW