REVIEW 1×7: ‘Your Sovereignty of Reason’

Depois de muita deliberação, o Rei Simon finalmente tomou a decisão de pedir ao Parlamento um referendo para abolir a monarquia em um discurso televisionado.

“A monarquia moderna é um pouco mais que uma fachada cerimonial, com pompa e ritual, e sem impacto real sobre suas vidas. Tenho vergonha dos excessos desta família, que não fizeram nada para ganhar suas posições elevadas,” diz ele olhando diretamente em um monitor enquanto sua família se perguntou onde ele estava. “Uma vida favorecida e ainda assim tão exclusivamente restringida, desviou a minha família em um zoológico… Eu falhei como pai para uma família e como um pai para a nação. Durante anos, senti que era meu dever usar a coroa, mas como vocês, meu primeiro dever é ser um pai, um marido, uma pessoa de integridade que faz o que é melhor para os seus entes. Eu acho que isso é melhor para os meus, e para a família desta nação como um todo. Olhem em seus corações. Eu olhei para o meu.”

Após seu discurso, Simon vai até a cozinha, onde conta a equipe que ainda estão empregados e pergunta sobre Prudence. Uma mulher diz que eles foram instruídos a deixá-la ir; notícia que o faz enfrentar Helena e Cyrus. “Você simplesmente não pôde se conter,” diz ele. “Você tinha que despedir a última pessoa da casa que tinha integridade.” Em seguida, o rei diz a Helena que eles não são mais casados, e que Cyrus perderá seus títulos e herança. “Você está fora. E você está fora. Para o inferno, os dois.”

Enquanto Eleanor está pintando sua parede como Picasso, e a Rainha Helena está buscando consolo com vodca e um telefonema, Liam encontra seu caminho até Ophelia. Ele permanece algum tempo, o que o faz se atrasar para o seu passeio com o Rei. Simon sai, claramente desapontado, mas determinado a caminhar entre as pessoas no qual ele crê que fez um último sacrifício. Tudo está indo bem, até que aparentemente ele possa ter sacrificado a si mesmo: Numa mudança de cena repentina, podemos vê-lo agarrando-se às portas do palácio e gravemente ferido. O rei está desmaiado!